Sábado, 27 de Novembro de 2021
75 98122-1262
Feira de Santana camelôs

"Nós temos que atuar e defender os camelôs nesta situação", declara vereadora

A situação entre os camelôs e o Shopping Popular, mais especificamente o "grito dos camelôs ocorrido na última semana

25/10/2021 11h51
Por: Redação Fonte: site da Câmara Municipal

A situação entre os camelôs e o Shopping Popular, mais especificamente o "grito dos camelôs ocorrido na última semana com o objetivo de reivindicar a redução de taxas do empreendimento e melhores condições de trabalho, continua em Feira de Santana. O assunto foi tema de diversos discursos na Câmara Municipal na última quinta (21), dentre eles o da vereadora Lu de Ronny (MDB), que usou a tribuna da Casa para falar sobre o assunto e destacar a importância da atuação dos vereadores para ajudar a resolver o impasse. "Que bom ter vocês, camelôs, aqui. Isso é que é Casa da Cidadania. Nesse momento não se deve ter partidarismo porque vocês nos ajudaram a com a eleição e nos colocaram aqui dentro. Todo mês recebemos nossos salários porque são vocês que pagam. Parabenizo o presidente Fernando Torres pela sua postura de abrir as portas para os camelôs porque esse é o papel de um presidente de uma Câmara de Vereadores em uma cidade como Feira de Santana, com mais de 700 mil habitantes", disse. E continuou: "Essa causa não é só minha; é de todos nós. A gente tem que atuar e defender os camelôs nesta situação. Fazer uma comissão aqui é importante, é, mas essa comissão precisa ser ativa para que possam sair resultados positivos. Precisamos estar unidos e atuantes para buscar fiscalizar e resolver isso. Enquanto nesta Casa eu estiver, tenham certeza que vocês vão contar com o meu apoio. A gente aqui tem que defender a causa do povo e para o povo". Lu de Ronny disse não entender como é que muitos políticos são eleitos e, depois, esquecem do povo. "Não entendo como é que a gente ajuda o Executivo a se eleger e, depois, simplesmente, ele vira as costas para o povo. Foi feito o contrato, mas este precisava ser redigido de acordo com o que os camelôs acordaram (com o empresário). Não existe ter acordado uma situação naquela época e hoje a realidade ser outra. É uma situação arbitrária, e que precisa ser abraçada para que haja resolução. A gente precisa atuar ", frisou. Na quinta (21) foi criada uma comissão legislativa para atuar frente a problemas enfrentados pelos camelôs relocados das ruas da cidade para o Shopping Popular. A comissão é constituída pelos vereadores Luiz da Feira (PSC), Jhonatas Monteiro (PSOL), Edvaldo Lima (MDB), Pastor Valdemir (PV) e Pedro Cícero (Cidadania), e deverá buscar um contato com o prefeito municipal, Colbert Martins Filho, para tratar das reclamações e denúncias em busca de uma solução. Também irá se dirigir ao Ministério Público, com o objetivo de discutir o contrato assinado pelos camelôs, considerado prejudicial à classe.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 15h05 - Fonte: Climatempo
30°
Pancada de chuva

Mín. 18° Máx. 30°

31° Sensação
12.1 km/h Vento
47.5% Umidade do ar
80% (30mm) Chance de chuva
Amanhã (28/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva
Segunda (29/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias