Brasil MP

Câmara pode votar nesta quarta-feira MP que cria programa de serviço voluntário nos municípios

Pauta também inclui medida provisória que acaba com incentivos tributários para indústria petroquímica

11/05/2022 11h37
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados

A partir das 13h55 desta quarta-feira (11), a Câmara dos Deputados pode analisar propostas como a Medida Provisória 1099/22, que cria um programa de serviço civil voluntário remunerado por bolsas pagas pelos municípios e vinculado à realização de cursos pelos beneficiários. Por meio do Programa Nacional de Prestação de Serviço Civil Voluntário, vinculado ao Ministério do Trabalho e Previdência, os municípios pagarão bolsas, em razão da prestação de serviços em atividades consideradas pela cidade como de interesse público, a jovens de 18 a 29 anos e a pessoas com 50 anos ou mais sem emprego formal há mais de 24 meses. O substitutivo da relatora, deputada Bia Kicis (PL-DF), incluiu ainda como público-alvo as pessoas com deficiência. Terão prioridade os beneficiários do programa de transferência de renda Auxílio Brasil ou de outro que vier a substituí-lo e integrantes de famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Setor petroquímico Já a Medida Provisória 1095/21 acaba com incentivos tributários para a indústria química e petroquímica no âmbito do Regime Especial da Indústria Química (Reiq). A matéria conta com parecer preliminar favorável do relator, deputado Alex Manente (Cidadania-SP), que fez apenas ajustes de técnica legislativa. De acordo com a MP, as alíquotas cheias de 1,65% para o PIS e de 7,6% para a Cofins começaram a valer desde 1º de abril deste ano. A expectativa de aumento de arrecadação é de R$ 573 milhões em 2022, de R$ 611 milhões em 2023 e de R$ 325 milhões em 2024. Esta é a segunda tentativa do governo de retirar os incentivos ao setor de uma só vez. A primeira tentativa foi por meio da MP 1034/21, de março do ano passado, cujos efeitos começariam em julho daquele ano. Doação de cabelo Entre os projetos de lei, pode ser analisado o PL 610/21, do deputado Vinicius Carvalho (Republicanos-SP), que institui campanha nacional de incentivo à doação de cabelo a pessoas carentes em tratamento de câncer, a ser realizada anualmente na semana do Dia Nacional de Combate ao Câncer, celebrado em 27 de novembro. Pela proposta, a campanha será coordenada pelo Ministério da Saúde, com participação da sociedade civil organizada. A finalidade será conscientizar a população da importância da doação de cabelos na recuperação da autoestima dos pacientes em tratamento de câncer e esclarecer os procedimentos e os locais onde podem ser feitas essas doações. Idosos Também na pauta consta o Projeto de Lei 4438/21, do Senado, que, prevê medidas protetivas de urgência para idosos e pessoas com deficiência vítimas de violência ou na iminência de sofrê-la. Nesses casos, a autoridade policial deverá informar imediatamente o juiz, que terá até 48 horas para adotar ações cabíveis. As medidas protetivas são similares àquelas previstas na Lei Maria da Penha, como o afastamento do agressor do domicílio, proibição de contato, inclusive com testemunhas, restrição ou suspensão de visitas, substituição do curador ou substituição da entidade de abrigo. Fonte: Agência Câmara de Notícias

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 05h02 - Fonte: Climatempo
18°
Pancada de chuva

Mín. 18° Máx. 27°

18° Sensação
5.9 km/h Vento
93.4% Umidade do ar
90% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (30/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Terça (31/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias