Bahia aqui é Trabalho 0921
Bahia aqui é Trabalho 0921
Bahia aqui é Trabalho 0921
Bahia aqui é Trabalho 0921
Bahia aqui é Trabalho 0921
Bahia aqui é Trabalho 0921
Bahia aqui é Trabalho 0921
Bahia aqui é Trabalho 0921
Salvador

Prefeitura entrega quarta e última etapa de requalificação da Estrada Velha

Uma das mais importantes bases de tráfego de Salvador, a Avenida Aliomar Baleeiro,

13/05/2021 11h47
Por: Redação
Fonte: Agecom Salvador

Uma das mais importantes bases de tráfego de Salvador, a Avenida Aliomar Baleeiro, conhecida como Estrada Velha do Aeroporto (EVA), teve a quarta e última etapa de requalificação entregue pela Prefeitura nesta quarta-feira (5). A ação simbólica teve as presenças do prefeito Bruno Reis; da vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos; e do secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Luiz Carlos de Souza.

A obra, desta vez, beneficiou um trecho de 2,1 km entre a rótula de acesso ao bairro de Mussurunga até a Avenida São Cristóvão, envolvendo serviços de drenagem, pavimentação, iluminação, meio-fio e passeio. O investimento para esta etapa foi de R$5,8 milhões, provenientes de recursos próprios.

O prefeito lembrou que, quando ainda era secretário da Seinfra, em 2019, viu que a Estrada Velha do Aeroporto era um projeto que precisava ser tirado do papel. Hoje, é uma das maiores obras já promovidas pela Prefeitura, mesmo neste período de pandemia de Covid-19.

“O projeto foi readequado e realizadas a licitação e a execução. Diante da complexidade da obra – e com o próprio comércio que surgiu atraiu estabelecimentos comerciantes e moradores do entorno – ela foi dividida em etapas. Neste mês de Maio Amarelo, depois dessa requalificação, essa via vai trazer mais segurança para quem trafega e ajudar a reduzir acidentes e mortalidade no trânsito”, disse Bruno Reis.

Transformação – A requalificação da EVA era um sonho antigo dos moradores de mais de 11 bairros cortados pela via.  Quem passa pelo local já sente a diferença: a avenida ficou muito mais segura para se deslocar e hoje oferece plenas condições de tráfego não apenas para veículos como também para os pedestres.

Exatamente no ponto desta quarta etapa, o motorista José Horácio da Conceição, 74 anos e há 35 deles como morador, relatou a transformação após a intervenção. “Aqui alagava sempre que chovia, chegava a pescar de mão nos córregos que enchiam. Agora está ótimo, tudo tranquilo, graças a Deus!”, relatou.

A situação foi confirmada pelo empreiteiro de serviços de gesso Robson dos Santos, de 45 anos, que reside na localidade há 18 anos. “Aqui era puro alagamento, um problema de muito tempo. Quando chovia, era dificuldade para andar, ônibus tinha que desviar para outro caminho. Agora, a obra conseguiu resolver esse problema. Também tem a jardinagem, que melhora bastante o local, e o asfaltamento foi ideal, porque tinha muitos buracos”, relatou.

Melhorias – A requalificação foi dividida em quatro etapas, sendo esta a maior intervenção viária executada pela gestão municipal no quesito extensão, com 16,6km, superando os 14km requalificados da Avenida Afrânio Peixoto (Suburbana), em 2016. Foi destinado um total de R$38 milhões.

As melhorias envolveram desde o alargamento da pista em determinados pontos do trajeto até a requalificação asfáltica, instalação de passeios com piso tátil, melhoria de curvas verticais e horizontais, implantação de rótulas em pontos críticos de tráfego, novas redes de drenagem e colocação de rampas de acessibilidade. 

O projeto contemplou também a implantação de ciclovias. Além do ordenamento do tráfego e nova iluminação, foi melhorado o traçado da pista em trechos críticos e nos acessos aos bairros de Pirajá, Jardim Santo Inácio, Jardim Cajazeiras, Vila Canária, Sete de Abril, Jardim Nova Esperança, Canabrava, Fazenda Grande, Nova Brasília, Mussurunga e São Cristóvão.

Etapas – A primeira etapa da requalificação da Estrada Velha do Aeroporto compreendeu percurso de 2,5km, entre BR-324 até a altura do Supermercado G. Barbosa, em Pau da Lima, e foi entregue em julho.

A segunda etapa, entre o G. Barbosa, em Pau da Lima, e o Condomínio Dois de Julho Life, em Nova Brasília. Este trecho teve 7km e foi entregue em setembro.

Em novembro, foi entregue a terceira etapa de requalificação da EVA com extensão de 5 km, entre o Condomínio Dois de Julho Life (Nova Brasília) e a rótula de acesso ao bairro de Mussurunga.

História – A Avenida Aliomar Baleeiro foi construída na década de 1940, nos idos da Segunda Guerra Mundial. O propósito era ligar as bases aérea, localizada no Aeroporto, e naval, em São Tomé de Paripe. 

Com isso, ela viabilizava um acesso rápido entre dois pontos estratégicos para a dinâmica das forças aliadas durante o conflito. Com o tempo, bairros foram surgindo ao longo da avenida, tornando o tráfego ainda mais intenso e alçando a Estrada Velha do Aeroporto a uma das principais vias de ligação da cidade.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias